Qual o Primeiro Livro um Iniciante no Espiritismo deve Ler?


Muitas vezes observo, principalmente em grupos, pessoas que se interessam pelo Espiritismo perguntando: “Qual livro devo ler primeiro para conhecer o básico sobre o assunto?“.

E, na imensa maioria das vezes, a resposta sugerida por aqueles que conhecem o assunto por mais tempo, é que a pessoa deve começar pelo início, ou seja, pelo “Livro dos Espíritos“.

Por ser um livro de perguntas e respostas, lançado em 1857, onde Allan Kardec e sua equipe formulavam as perguntas e os Espíritos Superiores as respondiam, é considerado a base do Espiritismo.


Tem um total de 1.019 perguntas, onde os Espíritos respondiam sobre os mais variados assuntos, com uma profundidade e riqueza de detalhes impressionantes.

É um livro que realmente, todo aquele que deseja conhecer a fundo sobre o Espiritismo, deve ler. E mais: não apenas uma única vez, e sim, reler, sempre que possível, pois em cada releitura, identificamos, aprendemos e refletimos sobre detalhes que possam ter passado despercebidos na leitura anterior.

O Livro dos Espíritos e Nosso Lar
O Livro dos Espíritos e Nosso Lar

Mas, creio que não deva ser o primeiro livro a ser lido. Pelo menos para aqueles que estão iniciando no assunto.

Digo isso pela forma que o livro foi concebido e apresentado (e, deixando claro, não falo isso como uma crítica, mas sim imaginando como algumas pessoas podem encarar essa obra nos dias atuais): por ser um livro de perguntas e respostas, logicamente é apresentado de maneira topicalizada, dividido por assuntos, em categorias.

Aborda temas como “Os Elementos Gerais do Universo”, “A Pluralidade das Existências, “As Ocupações e Missões dos Espíritos”, “As Leis Morais”, entre outros vários assuntos.

Utiliza-se uma linguagem rica, com vocabulário amplo e específico do meio espírita. Não diria tratar-se de uma leitura “leve”.

Ou seja, por ser um livro, se podemos assim dizer “teórico”, pode, talvez, causar em um leigo, ao iniciar a leitura, um certo desinteresse ou até mesmo uma dificuldade em avançar e concluir a leitura.

Eu sugeriria, como primeiro livro para um iniciante, a leitura de “Nosso Lar“, do Espírito André Luiz, psicografado por Chico Xavier.
Foi publicado em 1947 e é considerado até hoje o maior clássico da literatura espírita brasileira.

Foram vendidos mais de 3 milhões de exemplares, somente no Brasil.

É um romance que trata da vida de André Luiz no mundo espiritual. Contém 319 páginas.

André Luiz foi um médico brasileiro que desencarnou em decorrência de uma cirurgia (estudiosos do espiritismo afirmam se tratar do médico e cientista Carlos Chagas).

Ele então obteve autorização dos planos superiores para poder, através da abençoada mediunidade de Chico Xavier, nos ensinar, com os maiores detalhes, como era sua vida no plano espiritual.

André Luiz inicia “Nosso Lar” despertando no Umbral, após o desencarne.
Ele narra todo seu sofrimento durante os 8 anos que passou por lá.

Ficamos também conhecendo sobre seu resgate no Umbral e sua ida para “Nosso Lar“.
André Luiz nos informa sobre sua vida na nova morada e todos os detalhes e a história da Colônia Espiritual.
Um dos momentos mais bonitos do livro é quando ele obtém autorização, depois de muito esforço, para visitar a família no plano terrestre.

A leitura de “Nosso Lar” nos traz um grande aprendizado sobre o Plano Espiritual, pois, a medida que André Luiz vai descobrindo, aprendendo e evoluindo sobre os assuntos divinos, ele, generosamente vai compartilhando conosco todo esse tesouro que nos ilumina o espírito.

Após finalizar a leitura de “Nosso Lar“, você terá muito mais conhecimento e uma maior base para iniciar “O Livro dos Espíritos“.

E não se esqueça: André Luiz escreveu, através da psicografia de Chico Xavier, uma coleção de 13 livros denominada “A Vida no Mundo Espiritual“.

Boa leitura!