As Dificuldades no Início da Vida Mediúnica de Chico Xavier


Como não poderia deixar de ser, foram muitas as dificuldades no início da vida mediúnica de Chico Xavier.
Iremos contar 2 pequenos casos: um relacionado à dificuldade financeira e outro sobre quando Chico se sentiu muito desanimado a continuar com seu trabalho mediúnico.

A MESA DE CR$ 15,00

Chico Xavier trabalhava na venda do Sr. José Felizardo e ganhava Cr$ 60,00 por mês. Era tão pouco que mal conseguia ajudar a família.


Uma vez, uma irmã sua falou-lhe que estavam precisando de uma mesa para a sala de jantar, pois a que possuíam era pequena e estava muita velha.

Foi informado que a vizinha estava vendendo uma por Cr$ 15,00.
Chico ficou a pensar como conseguiria comprá-la, uma vez que não possuía essa quantia.

A bondosa vizinha, sabendo das necessidades da família e desejando ajudar, propôs vender a mesa a 1 cruzeiro por mês, em quinze prestações mensais.

O Chico aceitou e comprou a mesa. Apesar de a vizinha ter facilitado a compra, ainda assim, Chico pagou-a com sacrifício.
Como damos muito mais valor às coisas que conseguimos através de um grande esforço, ele consideraram a nova aquisição, uma mesa abençoada.

Chico Xavier
Chico Xavier

UM ENSINAMENTO DE MARIA JOÃO DE DEUS

Chico Xavier prosseguia sua vida com muitas lutas, trabalho, dificuldades e incompreensões.
Ao lado de seu irmão no Centro Espírita, José Xavier, eles perseveravam.

Porém, certa noite, Chico Xavier experimentava uma enorme fadiga.
Durante uma reunião no Centro Espírita, muito cansado, ele se perguntava se valia a pena combater e se dedicar à mediunidade, uma vez que Jesus já estivera no mundo e, tudo ensinando, não havia sido compreendido.

Nesse momento sua mãe desencarnada, Maria João de Deus, apareceu e recomendou-lhe que abrisse o Novo Testamento, ensinando ao filho que o Evangelho tem sempre uma resposta para nossas dúvidas.

Chico Xavier abriu ao acaso o Novo Testamento e leu no versículo 1, do Capítulo 1, dos Atos dos Apóstolos:
“… no primeiro livro, ó Teófilo, relatei todas as coisas que Jesus começou a fazer e ensinar”.

Maria João de Deus, carinhosa, reforçou ao filho que pela narração dos Apóstolos, ficamos sabendo que o Evangelho relata as maravilhas que Jesus começou a fazer e a ensinar.

E recomendou ao filho que devemos aprender a cooperar com Jesus, porque ainda estamos muito longe da conclusão do Reino de Deus na Terra que Nosso Senhor está construindo.

Chico Xavier ficou meditando sobre o ensinamento recebido e se sentindo motivado para continuar o seu abençoado trabalho.